Telefone
WEBMAIL
Intranet
SAPRO
SAPRO

Editais Publicados

12.04.2016

 

Última atualização: 23 de Maio de 2017.

 

CNPq divulga Chamada Pública para apoiar projetos para execução durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

 

 O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, tornam pública a presente Chamada e convidam os interessados para apresentarem suas propostas, nos termos aqui estabelecidos.

 

1 – OBJETO

 

Selecionar e apoiar projetos de eventos de divulgação e popularização da ciência, particularmente da matemática, de abrangência regional ou estadual/distrital, em todas as Unidades Federativas, para execução durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT 2017, sob a temática “A Matemática está em Tudo”, em consonância com as comemorações do “Biênio da Matemática 2017-2018” no Brasil.

 

Clique aqui para fazer o download da Chamada. Prazo de submissão de projetos:5/6

 

Edital seleciona pesquisador para atuar em Universidade de Harvard

 

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) divulgou no dia 26/4 o Edital nº 10/2017, referente ao Programa Cátedra CAPES/Universidade de Harvard nos EUA, que tem como objetivo selecionar notável pesquisador/professor sênior do Brasil, especialista em qualquer disciplina ou área acadêmica.

 

Os candidatos que cumprirem os requisitos descritos no Edital, devem realizar inscrição, exclusivamente via internet, até 30 de junho, por meio do preenchimento de formulário e envio de documentos relacionados.

O programa prevê a concessão de uma bolsa de até 12 meses por ano acadêmico da instituição anfitriã. O resultado está previsto para ser divulgado em abril de 2018 e o início das atividades na Universidade de Harvard a partir de setembro do mesmo ano.

 

O candidato selecionado receberá, pela CAPES, bolsa no valor de US$ 10.400 pagos apenas nos meses de efetiva permanência nos EUA, auxílio deslocamento e auxílio seguro saúde. Pela instituição anfitriã, receberá estipêndio único no valor de US$ 8 mil, referente à auxílio instalação ou despesas relacionadas à pesquisa ou pessoais, tais como alojamento, a critério do professor visitante; e acesso às instalações e serviços da Universidade normalmente fornecidos a acadêmicos visitantes, como espaço de escritório e conexão à internet, laboratórios e equipamentos apropriados, bibliotecas, e qualquer outra cortesia ou comodidade normalmente fornecida à comunidade acadêmica.

 

Acesse o Edital.

 

Fonte: Coordenação de Comunicação Social da CAPES

 

ANP lança edital do Prêmio ANP de Inovação Tecnológica 2017

 

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis lançou o edital do Prêmio ANP de Inovação Tecnológica 2017.

 

O Prêmio busca reconhecer o esforço de instituições credenciadas pela ANP e de empresas que tenham desenvolvido – no contexto da cláusula de  investimento em P,D&I – bens ou serviços inovadores para a cadeia produtiva do setor de petróleo, gás natural e biocombustíveis. Os projetos inscritos devem estar inseridos ou ter alto potencial de inserção no mercado.

 

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas a partir das 9 horas do dia 2 de maio de 2017 até às 18 horas do dia 2 de junho de 2017. Inscreva seu projeto e participe!

 

Mais informações em www.anp.gov.br 

 

Inscrições abertas para a edição 2017 do Desafio Melhores Práticas Climáticas

 

O Observatório Melhores Práticas Climáticas está com inscrições abertas para a edição 2017 do Desafio Melhores Práticas Climáticas, com o tema “construindo resiliência local para o risco de desastres climáticos”. O apoio é de 3 mil euros, mais de 10 mil reais. O foco desse ano é a redução do risco de desastres climáticos.

 

Práticas podem ser enviadas até o dia 31 de maio, em inglês. As escolhidas serão abertas para escrutínio público, online. Mais informações estão disponíveis http://www.bestclimatepractices.org/contest/

 

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social recebe inscrições

 

Até 31 de maio, o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2017 recebe inscrições de iniciativas desenvolvidas para resolver problemas em seis áreas — “água e meio ambiente”, “agroecologia”, “economia solidária”, “educação”, “saúde e bem-estar”, “cidades sustentáveis” e “inovação digital” — que formam as categorias temáticas do concurso. A premiação tem o apoio de quatro agências da ONU no país. Todos os inscritos precisam ser legalmente constituídos no Brasil, de direito público ou privado, e devem ter implementado a iniciativa concorrente em território brasileiro.

 

O primeiro lugar de cada uma das categorias será premiado com 50 mil reais, e as 18 instituições finalistas vão receber troféu e vídeo retratando sua iniciativa. Além disso, as tecnologias sociais que promovem o protagonismo e o empoderamento feminino vão receber um bônus de 5% na pontuação total obtida. Realizado a cada dois anos, o Prêmio é considerado um dos principais do terceiro setor brasileiro. Em 2017, o concurso tem a cooperação da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), do Banco Mundial, da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), do Programa da ONU para o Desenvolvimento (PNUD) e do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

 

Todas as categorias da premiação estão relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento das Nações Unidas (ODS). Saiba mais sobre as metas da ONU https://nacoesunidas.org/pos2015/. Os resultados de cada etapa do Prêmio serão divulgados no site da Fundação Banco do Brasil (www.fbb.org.br) e no BTS (www.tecnologiasocial.fbb.org.br). Visite o site do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2017 http://fbb.org.br/pt-br/premio.

 

Fonte: ONU

 

BNDES apoia projetos de preservação e revitalização do Patrimônio Cultural Brasileiro

 

O BNDES investe continuamente na preservação do patrimônio cultural brasileiro e tem direcionado a essa cadeia produtiva um volume crescente de recursos. Desde 1997, ano em que iniciou sua atuação nesse campo, foram contratados 338 projetos, que totalizaram R$ 615,9 milhões (correntes). 

 

A modalidade BNDES Fundo Cultural – Patrimônio Cultural Brasileiro tem como objetivo apoiar projetos, ações e investimentos de preservação e revitalização do patrimônio cultural brasileiro que atendam às seguintes diretrizes:  

 

 A avaliação quanto à aderência do projeto ao conceito de Patrimônio Cultural Brasileiro caberá ao Comitê de Patrimônio Cultural e Economia da Cultura (CPCult), que poderá, sempre que necessário, solicitar parecer de especialistas externos, especialmente nos casos que não apresentem critérios formais de reconhecimento. Para complementação da avaliação da aderência do projeto às categorias passíveis de apoio, o BNDES poderá considerar outros critérios qualitativos, descritos no Roteiro de Apresentação de Projetos

 

Observações:

Não são passíveis de apoio os custos de agenciamento do projeto.

O apoio à aquisição de máquinas e equipamentos importados ficará condicionado à comprovação de inexistência de similar nacional.

 

Comitê de Projetos Culturais – CPCult

 

O CPCult se reúne ordinariamente três vezes por ano e é composto por 7 (sete) membros, todos executivos e funcionários de carreira do BNDES.  O calendário 2017 é o seguinte:

 

REUNIÕES DATA LIMITE PARA ENVIO DOS PROJETOS
1ª REUNIÃO ORDINÁRIA 2017 (ABRIL) 31 de março de 2017Encerrada
2ª REUNIÃO ORDINÁRIA 2017 (AGOSTO) 31 de julho de 2017
3ª REUNIÃO ORDINÁRIA 2017 (NOVEMBRO) 31 de outubro de 2017

 

Como solicitar

 

As solicitações de apoio financeiro podem ser encaminhadas diretamente ao BNDES por meio de uma consulta prévia, preenchida segundo as orientações do Roteiro Apresentação de Projetos de Preservação e Revitalização do Patrimônio Cultural Brasileiro  e enviada em meio físico e digital ao BNDES. 

 

 O BNDES também pode realizar seleções públicas (chamadas públicas) e premiações com objetivos específicos e período de inscrições pré-definidos. No momento, não há nenhuma seleção em andamento.  

 

Fundo de Ação Urgente recebe pedidos de apoio durante o ano todo

 

O Fundo de Ação Urgente (Urgente Acction Fund) recebe pedidos de apoio durante o ano todo. Organizações da sociedade civil podem enviar solicitações de financiamento de até 5 mil dólares, aproximadamente 34.650 mil reais. 

 

O Fundo apoia quatro categorias de pedidos, que incluem respostas a fundamentalismos, conflitos e violência em situações de instabilidade polícia; ações legais ou legislativas que ajudem a proteger direitos conquistados; proteção e defesa de atividades que lutam pelos direitos das mulheres; e solicitações de apoio para promoção e proteção dos direitos das mulheres ao acesso e gestão dos recursos naturais e meio ambientes.

 

Não há restrição de data quanto ao momento da realização do pedido, ele pode ser realizado em qualquer momento durante o ano.

 

Todas as informações estão no site: http://www.fondoaccionurgente.org.co/criterios-y-categorias 

 

BNDES/ FINEP – INOVA MINERAL

 

Objetivo: Este Edital tem por objetivo selecionar Planos de Negócio de empresas brasileiras que contemplem o desenvolvimento tecnológico, produção e comercialização de produtos, processos e/ou serviços inovadores e mais sustentáveis dentro do escopo das linhas temáticas apresentadas em seu Item 3, com vistas à pré-qualificação ao recebimento de apoio por meio de alguma(s) das modalidades operadas pelo BNDES e/ou pela FINEP, conforme vier a ser definido no Plano de Suporte Conjunto (PSC) de que trata o Item 8.7 deste Edital, estruturado ao final do processo seletivo.

 

Público elegível:Poderão participar do processo de seleção empresas e/ou grupos econômicos brasileiros que tenham interesse em desenvolver, produzir e comercializar os produtos, processos e/ou serviços decorrentes das tecnologias relacionadas no item “3” supra, podendo fazê-lo individualmente ou em parceria com empresas de qualquer porte e/ou instituições científicas e tecnológicas. Para tanto, o interessado deverá cadastrar-se no processo seletivo na condição de “Empresa Líder”.

 

Linhas de Pesquisa:

 

Linha 1: Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias e Produtos com Foco em Minerais Estratégicos “Portadores de Futuro”: Cobalto, Grafita, Lítio, Metais do Grupo da Platina, Molibdênio, Nióbio, Silício (Grau Solar), Tálio, Tântalo, Terras Raras, Titânio e Vanádio

 

Linha 2: Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias e Produtos com Foco em Minerais Estratégicos com Elevado Déficit Comercial: Fosfato e Potássio

 

Linha 3: Pesquisa, Desenvolvimento, Aprimoramento e Escalonamento de Tecnologias de Mineração

 

Linha 4: Tecnologias e Processos para Redução e Mitigação de Riscos e Impactos Ambientais

 

Linha 5: Desenvolvimento e Produção Pioneira de Máquinas, Equipamentos,Softwares e Sistemas para a Mineração e Transformação Mineral

 

Seleção em andamento.

 

Prazos:

 

Primeira Etapa: Início do Período para submissão de Planos de Negócio – 01/09/2016 Encerrada

 

Primeira Etapa: Término do Período para submissão de Planos de Negócio – 01/11/2016 Encerrada

 

Resultado preliminar da Primeira Etapa de Seleção dos Planos de Negócio e Indicação dos Planos de Suporte Conjunto – 31/01/2017Encerrado

 

Prazo Final para interposição de recursos ao Resultado preliminar da Primeira Etapa – 10/02/2017 Encerrado

 

Divulgação do Resultado Final da Primeira Etapa de Seleção dos Planos de Negócio e Indicação dos Planos de Suporte Conjunto após recursos – 23/02/2017Encerrada

 

Segunda Etapa: Início do Período para submissão de Planos de Negócio – 03/04/2017 Encerrada

 

Segunda Etapa: Término do Período para submissão de Planos de Negócio – 02/06/2017

 

Resultado preliminar da Segunda Etapa de Seleção dos Planos de Negócio e Indicação dos Planos de Suporte Conjunto – 31/08/2017

 

Prazo Final para interposição de recursos ao Resultado preliminar da Segunda Etapa – 10/09/2017

 

Divulgação do Resultado Final da Segunda Etapa de Seleção dos Planos de Negócio e Indicação dos Planos de Suporte Conjunto após recursos – 29/09/2017

 

Acesse abaixo os documentos na íntegra:

 

Edital Inova Mineral;

Plano de Negócios.

 

PLANO INOVA EMPRESA/BNDES

 

Objetivo:Esta iniciativa tem como objetivo fomentar projetos de apoio à inovação em diversos setores considerados estratégicos pelo Governo Federal, em conjunto com a FINEP e outros órgãos federais.

 

Público elegível:Empresas ou ICT’s, em parcerias com as empresas.

 

Principais Projetos Apoiáveis:

  • Inova Aerodefesa;
  • Inova Energia;
  • Inova Petro;
  • Inova Sustentabilidade;
  • Inova Telecom;
  • PADIQ

Prazo de submissão: De acordo com a(s) linha(s) de subvenção/financiamento (BNDES. FINEP, Agências do Governo) escolhidas.

 

Acesse a chamada!

 

BNDES – MPME INOVADORA

 

Objetivo: Aumentar a competitividade das micro, pequenas e médias empresas (MPMEs), financiando os investimentos necessários para a introdução de inovações no mercado. Público elegível: Micro, pequenas e médias empresas.

 

Projetos Apoiáveis:

  • Investimentos complementares ao processo inovador;
  • Investimentos no desenvolvimento de novos produtos/processos;
  • Fortalecimento a capacidade financeira das MPMEs que estejam realizando esforços para inovar, disponibilizando recursos na forma de capital de giro.

Prazo de submissão: Fluxo contínuo

 

Acesse a chamada!

 

BNDES – INOVAÇÃO/BNDES

 

Objetivo: Apoiar o aumento da competitividade por meio de investimentos em inovação compreendidos na estratégia de negócios da empresa, contemplando ações contínuas ou estruturadas para inovações em produtos, processos e/ou marketing, além do aprimoramento das competências e do conhecimento técnico no país. Público elegível: Pessoas jurídicas de direito público e privado, com sede e administração no país.

 

Projetos Apoiáveis: Plano de Investimento em Inovação, que deverá ser apresentado segundo a ótica da estratégia de negócios da empresa, abrangendo tanto a sua capacitação para inovar quanto as inovações potencialmente disruptivas ou incrementais de produto, processo e marketing.

 

Prazo de submissão: Fluxo contínuo

 

Acesse a chamada!

 

CARTÃO BNDES

 

Objetivo: O Cartão BNDES é um produto que, baseado no conceito de cartão de crédito, visa a financiar os investimentos das micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) e dos microempreendedores individuais (MEIs).

 

Público elegível: MEIs e MPMEs (com faturamento bruto anual de até R$ 90 milhões), sediados no País, de controle nacional, que exerçam atividade econômica compatível com as Políticas Operacionais e de Crédito do BNDES.

 

Prazo de submissão: Fluxo contínuo

 

Acesse a chamada!

 

INOVACRED/DESENBAHIA

 

Objetivo: Financiar investimentos em inovação para a introdução de novos produtos, processos, serviços, marketing ou novo método organizacional, bem como o aperfeiçoamento dos já existentes visando ampliar a competitividade das empresas baianas.

 

Projetos Apoiáveis: Projetos de investimento em inovação para a competitividade, que impliquem novo diferencial no mercado, regional ou até nacional, em que a empresa beneficiária atua e que será alvo do empreendimento financiado.

 

Público elegível: Micro, Pequenas e Médias Empresas localizadas na Bahia cuja receita operacional bruta anual ou anualizada seja de até R$ 90 milhões.

 

Prazo de submissão: Fluxo contínuo, desde que haja disponibilidade de recurso.

 

Acesse a chamada!

 

INOVACRED EXPRESSO/DESENBAHIA

 

Objetivo: Financiar atividades empresariais inovadoras associadas à introdução de novos produtos, processos, serviços, marketing ou novo método organizacional, bem como o aperfeiçoamento dos já existentes visando ampliar a competitividade das empresas baianas.

 

Projetos Apoiáveis: Atividades inovadoras para as etapas científicas, tecnológicas, organizacionais e comerciais, incluindo novas formas de conhecimento, que visam compor o desenvolvimento e implementação de produtos e processos novos ou aperfeiçoados. Não há exigência de apresentação de projeto de inovação, mas exige-se que o beneficiário cumpra condições especiais de enquadramento definidas na chamada.

 

Público elegível: Empresas localizadas na Bahia cuja receita operacional bruta (ROB) anual ou anualizada seja de até R$ 16 milhões. Porte I: ROB abaixo de R$ 3.6 milhões; Porte II: ROB Igual ou acima de R$ 3.6 milhões e menor ou igual a R$ 16 milhões.

 

Prazo de submissão: Fluxo contínuo

 

Acesse a chamada!

 

CRIATEC 2

 

Objetivo: Fundo de Investimento em Participações voltado para empresas inovadoras com faturamento líquido anual de até R$ 10 milhões, que tem como Gestor Nacional a Bozano Investimentos e como Assessor Operacional a Triaxis Capital.

 

Público elegível: Empresas inovadoras com faturamento líquido anual inferior a R$ 10 milhões.

 

Projetos Apoiáveis:

TIC;

Agronegócio;

Nanotecnologia;

Biotecnologia;

Novos Materiais.

 

Prazo de submissão: Fluxo contínuo

 

Acesse a chamada!

 

CRIATEC 3

 

Objetivo: Construir ou expandir, junto aos empreendedores, ofertas de valor muito diferenciadas e levar o

negócio a uma fase de crescimento acelerado. O Fundo é gerido pela Inseed Investimentos.

 

Público elegível: Empresas estabelecidas no Brasil, que desenvolvam tecnologias inovadoras e que tenham alto potencial de crescimento, em fase inicial (prova de conceito, decolagem ou expansão). O faturamento líquido deverá ser no máximo R$ 12 milhões.

 

Projetos Apoiáveis:

TIC;

Agronegócio;

Nanotecnologia;

Biotecnologia;

Novos Materiais.

 

Prazo de submissão: Fluxo contínuo

 

Acesse a chamada!

 



FAPEX

Avenida Manoel Dias da Silva, 1.784
Ed. Comercial Pituba Trade - Pituba
CEP: 41.830-001 - Salvador - Bahia
Telefone: 0xx71-3183-8400
webmaster@fapex.org.br

 
 
 
  • Última Atualização Em: 25/05/2017, às 09:38:24.